NO WASTE MARKETING

NO WASTE MARKETING

NO WASTE MARKETING

NO WASTE MARKETING

Que é o mesmo que dizer que somos NO WASTE.

 

NOWA (que, já agora, se pronuncia “nouâ”)= NO+WAste

 

Na NOWA acreditamos que o desperdício pode ser evitado ou, sendo inevitável, pode ser valorizado.

 

E quando falamos de desperdício falamos de TEMPO, de DINHEIRO, de RESÍDUOS e até de IDEIAS.

 

É que na NOWA sabemos bem que uma boa ideia não tem de ser uma ideia cara, sabemos que trabalhar em equipa produz mais resultados do que trabalhar sozinho, e sabemos também que o que para uns é lixo, para outros é matéria-prima.

 

E como é que sabemos isto?

Porque já estivemos do outro lado. Desse lado.

 

E sentimos que do que precisávamos mesmo, era de agências, de consultores e de fornecedores que fossem bilingues como nós. Que falassem a linguagem do Marketing ou da Consultoria ou dos Serviços e ao mesmo tempo a linguagem do Ambiente.

 

É que o Ambiente, mesmo sendo de todos, tem características próprias e – sem qualquer modéstia – podemos dizer que as conhecemos bem.

NO WASTE MARKETING

 

Sabemos que não há uma única estratégia para um determinado problema. Mas também sabemos que há umas que resultam melhor que outras, ou não tivéssemos já passado por ambas as experiências. O segredo está em olhar o problema de frente e desenhar ações concretas para o resolver.

 

E, além disso, há outro segredo…

 

Designers, criativos, agências de meios, marketing direto, estudos de mercado, assessoria de imprensa, agências de publicidade…. trabalhámos com muitas empresas e muitos profissionais.

 

Acreditem, sabemos exatamente quem é que é capaz de dar a resposta certa a cada problema que apresentarmos.

 

A NOWA MARKETING não é uma empresa.

É o SEU Departamento de Marketing.

Com a vantagem de não ocupar espaço.

NO WASTE MARKETING

 

O Ambiente é um mundo.

 

Diferentes tipos de resíduos, diferentes formas de atuação no mercado, diferentes entidades reguladoras, muita legislação nacional e comunitária, congéneres europeias, exemplos mundiais, casos de sucesso, receitas condenadas ao fracasso, tendências do consumidor, evolução dos comportamentos e mentalidades…

não conhecemos tudo, mas conhecemos muito.

 

Ou pelo menos o suficiente para, em conjunto com a sua equipa, encontrar o melhor caminho e a melhor estratégia para cada objetivo.

 

Numa área tão específica como a do Ambiente, é difícil encontrar formações que se adequem exatamente ao que as empresas procuram e as pessoas precisam.

 

Em colaboração com a Academia Lipor, desenvolvemos cursos de formação em diferentes áreas, aplicados à área do ambiente.

 

Aqui encontra todos os cursos que temos disponíveis e que podem ainda ser adaptados às necessidades da sua empresa.

NO WASTE MARKETING

 

Não acreditamos que já está tudo inventado e por isso não paramos de ter ideias.

 

Não somos a favor da tecnologia só porque existe.

Acreditamos que as pessoas estão primeiro.

 

O mundo está a ser inundado com tecnologia, mas ainda só começámos a explorar as suas potencialidades.

 

Venha visitar connosco um mundo onde as marcas funcionam em realidade imersiva, realidade virtual, gamifying e som 3D.

NO WASTE MARKETING

NO WASTE MARKETING

 

O Mário é de Gestão. “Menino da Católica”, como chamam as pessoas que não andaram na Católica, mas gostavam de ter andado.

 

Começou em grande, a aprender o que há para aprender em Marketing ao trabalhar para o grande consumo, na Unilever.

 

Diz quem sabe que o grande consumo é a melhor escola de Marketing que se pode ter. Azeite Gallo, Knorr, entre outras marcas que trabalhou, mas que, confesso, não retive.

 

É que o Mário conta muitas estórias. É, aliás, um grande contador de estórias e são todas interessantes. E têm todas graça. É, por isso mesmo, que fica difícil lembrarmo-nos de tudo.

 

Um dia foram buscar o Mário ao Consumo e levaram-no para o Ambiente, para a Sociedade Ponto Verde.

 

Foi lá que nos cruzámos. Acho que nunca lhe perguntei: mas deve ser como um dia estar em Nova Iorque e no outro em Nova Déli. Radicalmente diferentes, mas ambos fascinantes.

 

E é isso que o Ambiente tem.

É impossível não nos apaixonarmos.

É impossível não acordarmos todos os dias de manhã com a alegria da certeza de que se vai contribuir para um mundo um bocadinho melhor.

 

No fundo, acho que foi isso que nos trouxe até aqui.

A paixão: pelo Marketing, pelo Ambiente.

E, atrevo-me a dizer, pela Vida.

 

A Joana é jornalista. Ou então queria ser.

 

Pelo menos eu acho que o curso de comunicação é para isso: para ser jornalista. De alguma forma não imagino a Joana como correspondente no Iraque, nem na Síria… Acho que não é a sua praia.

 

Mas a vida dá muitas voltas e, das desgraças do jornalismo, a Joana foi parar ao marketing do lixo. Pelo menos ela pensava que era lixo!

 

Na realidade, Portugal estava a transformar-se.

De um país de lixeiras e lixo na rua, estava a tornar-se num país civilizado, limpo e reciclado.

 

E para isso contrataram a Joana e ela ajudou a contratar um macaco! Pois é, na falta de melhor, foi o Gervásio que teve de explicar os portugueses como se separava. Mas não ficou por aqui. Contratou crianças e famosas; construiu salas de estudo para crianças desfavorecidas e deu unidades para o rastreio gratuito do cancro da mama.

 

Pois esta Joana, que dizia que não gostava de marketing nem do lixo, é uma apaixonada por tudo em que se envolve.

 

Hoje ensina marketing e é quem sabe mais de como convencer alguém a separar o seu lixo.

Porque as paixões são assim. Mesmo quando tentamos virar-lhes as costas, elas voltam sempre até nós. E cada vez mais fortes!

 

A Joana ama o mundo e as pessoas e isso faz dela a melhor ‘maketeira’ que se pode ter. Não se pode fazer marketing sem amar as pessoas. Não se pode querer mudar o mundo, se não se sentir uma enorme paixão por ele.

E foi assim, que mais uma vez, terminámos a trabalhar juntos… no ambiente. Porque há um só planeta!

 

Todos os sites, de todas as grandes empresas, têm uma página intitulada “Missão, Visão e Valores”.

Uma espécie de cartão de identidade com uma foto de rosto, cabeça meio inclinada na versão mais seleta de nós mesmos, cabelos todos alinhados e o sorriso certeiro: nem de mais, nem de menos.

 

Também quisemos ter esta página- ou a fazer lembrar -, porque na verdade achamos importante, mas confessamos que não nos preparámos para a foto.

 

Foi como se alguém nos tivesse chamado sem esperarmos, e ao virar a cabeça, a câmara tivesse disparado e a objetiva tivesse captado não o que queríamos mostrar, mas a essência de nós.

NO WASTE MARKETING

 

Transformar a linguagem do AMBIENTE em linguagem de MARKETING, que é como quem diz, fazer do lixo um mundo glamoroso, dos resíduos um assunto sensual e do Ambiente o tema de que toda a gente fala.

NO WASTE MARKETING

 

Deixar de existir.

 

Dedicarmo-nos ao Marketing de OUTRA COISA QUALQUER.

 

É que isso vai significar que o Ambiente será o que sempre deveria ter sido e já não precisa de nós.

NO WASTE MARKETING

 

Acreditamos no ser humano.

 

Acreditamos que o Mundo pode ser um lugar melhor, e que juntos somos mais fortes.

 

Sabemos que somos todos diferentes, e é isso que nos torna a todos especiais.

 

Sabemos que se nunca tentarmos nunca vamos saber.

 

Somos sérios, mas temos pavor do que é aborrecido.

 

Somos divertidos, mas fugimos de gente que não sabe falar a sério.

 

Ah, e temos um lema interno.

 

Mas esse só lhe dizemos quando nos encontrarmos.

NO WASTE MARKETING

NO WASTE MARKETING

ESGRA

ASSOCIAÇÃO PARA A GESTÃO DE RESÍDUOS

ROCK IN RIO
AMB3E
ARM

ÁGUAS E RESÍDUOS DA MADEIRA S.A.

CAMARA MUNICIPAL LISBOA

LISBOA

AVALER

ASSOCIAÇÃO DE ENTIDADES DE VALORIZAÇÃO ENERGÉTICA DE RESÍDUOS SÓLIDOS URBANOS

VALORMED
3DRIVERS

ENGENHARIA INOVAÇÃO E AMBIENTE

TETRA PAK
EGF

ENVIRONMENTAL GLOBAL FACILITIES

APEMETA
Delta
Lipor
Valpak
Fundo Ambiental
Valorcar

 

NUNCA OUVIU FALAR EM NOWAJIS?

É natural. Fomos nós que inventámos o conceito e estamos bastante orgulhosos com isso.

 

Sim, sabemos que orgulharmo-nos dos nossos próprios feitos pode não ser bonito, mas é que o conceito é mesmo bom!

 

Um Nowaji é um ícone único que decorre do nosso próprio logotipo: já reparou que o Ó de NOWA tem um traço no meio, a fazer lembrar um sinal de proibido? Não foi por caso, é que por aqui é proibido não valorizar o desperdício.

 

E tal como nós temos este mote, ou característica se preferirem, cada um dos nossos clientes terá também o seu mote ou característica própria, e por isso mesmo, terá o seu Nowaji personalizado.

 

Na prática? É muito simples: cada cliente terá o seu próprio logotipo NOWA, dependendo do seu Nowaji personalizado.

 

A NOWA é única para cada um dos seus clientes. Porque nós queremos ser uma parte de si,

o Nowaji é uma espécie de aliança de casamento, mas só com as partes boas!

 

CONFESSE, VAI QUERER TER UM, NÃO VAI?

NO WASTE MARKETING

 

Para falar connosco, basta ligar ou enviar um email e, acredite, seja qual for o contacto que decidir usar, será o correto.

 

É que na NOWA não acreditamos muito em balizar cargos e funções, estamos mais empenhados em dar resposta às necessidades dos nossos clientes. Chegámos mesmo a pensar não ter associada nenhuma indicação, mas percebemos que isso seria o mesmo que uma rua sem sinais de trânsito: possível de circular, mas muito confusa.

 

Por isso, não estranhe os nomes que demos ao que cada um faz. Considere-os uma espécie de rotunda: não condiciona o destino, mas ajuda o tráfego.